Imunização

Febre Amarela

Febre Amarela

Por Dra. Isabella Ballalai – O Brasil vem enfrentando desde dezembro de 2016 o maior surto de febre amarela silvestre de nossa série histórica, iniciada na década de 1980. De dezembro de 2016 a maio de 2017 foram confirmados 792 casos e 274 mortes pela doença, principalmente nos estados de Minas Gerais e do Espirito Santo. Em 2018, o cenário se mantém. De acordo com o boletim mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde, de julho/2017 a janeiro/2018, foram 213 episódios confirmados, 435 em investigação e 81 óbitos. São Paulo lidera as estatísticas com 108 casos e 43 óbitos.

Leia mais

Desordem psicogênica após vacinação em massa

Desordem psicogênica após vacinação em massa

Por Dra. Isabella Ballalai – São inúmeros os relatos na literatura de reação psicogênica em massa durante campanhas de vacinação voltadas para adolescentes, caracterizada pela ocorrência de reações físicas, geralmente semelhantes, em indivíduos vacinados. Esses fenômenos, conhecidos como doença psicogênica em massa, são definidos como a ocorrência coletiva de uma constelação de sintomas sugestivos de doença orgânica, mas sem uma causa identificada em um grupo de pessoas com crenças compartilhadas sobre a causa dos sintomas (1).

Leia mais

Febre Amarela | Atualizações nas Recomendações de Vacinação

Febre Amarela | Atualizações nas Recomendações de Vacinação

De acordo com o Ministério da Saúde, até 15 de março de 2017, foram notificados 1.558 casos suspeitos de febre amarela silvestre. Destes, 933 (59,88%) permanecem em investigação, 424 (27,22%) foram confirmados e 201 (12,90%) foram descartados. O perfil demográfico dos casos confirmados coincide com aquele geralmente observado nos surtos de febre amarela silvestre, com a maior parte dos casos em pacientes do sexo masculino e idade economicamente ativa, uma vez que esses indivíduos se expõem com maior frequência a áreas e situações de risco, sobretudo em decorrência de atividades laborais.

Leia mais