Ginecologia e Obstetrícia

Síndrome do ovário policístico

Síndrome do ovário policístico

Considerada uma desordem endócrina heterogênea comum, a síndrome do ovário policístico (SOP) afeta aproximadamente 6 a 10% das mulheres em idade reprodutiva. Caracteriza-se por oligo-ovulação e/ou anovulação, hiperandrogenismo e ovários policísticos.1-4


Foi relatada pela primeira vez na literatura médica moderna por Stein e Leventhal em 1935. Em 1990, o National Institutes of Health (NIH) definiu a doença como disfunção ovulatória com hiperandrogenismo clínico, sem considerar avaliação ultrassonográfica dos ovários.


Leia mais

58º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

58º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia

Novidade! – Teremos especialistas da Academia de Medicina no 58º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, em Porto Alegre. O evento acontece de 13 a 16 de novembro e vai contar com a participação do coordenador do curso Hot Topics da Ginecologia, Dr. Rogério Bonassi Machado, e de mais seis professores da Academia. 

Leia mais

Rastreamento nas Neoplasias Ginecológicas: Identificando Mulheres de Risco

Matéria sobre Rastreamento nas Neoplasias Ginecológicas: Identificando Mulheres de Risco

Uma das matérias do curso online Hot Topics da Ginecologia, coordenado pelo especialista Rogério Bonassi Machado, e disponível na Academia de Medicina Guanabara Koogan, aborda o Rastreamento das Neoplasias Ginecológicas: Identificando Mulheres de Risco. O tema será debatido na quarta aula do curso e aborda as principais novidades e tendências em terapias, além dos principais temas que dizem respeito à ginecologia. 

Leia mais

Quantas mulheres ainda morrerão por pré-eclâmpsia?

Quantas mulheres ainda morrerão por pré-eclâmpsia?

Por Dr. Nelson Sass – Todos os anos vários encontros científicos são organizados por entidades das mais diversas naturezas. Isso não é diferente para os especialistas em Obstetrícia e há que se destacar que em todos os eventos dificilmente a pré-eclâmpsia (PE) não é destacada. Para aqueles que não conseguem comparecer pessoalmente nesses encontros, existem inúmeras fontes na internet para informação e atualização. Nunca foi tão fácil acessar um guideline das diversas sociedades médicas e mesmo de organizações internacionais, como a OMS.

Leia mais