Cardiologia

COVID-19 e arritmias cardíacas

 COVID-19 e arritmias cardíacas

A primeira experiência mundial sobre a associação entre arritmias cardíacas e a Covid-19 vem, como só poderia ser, da China. Em um estudo com 138 pacientes hospitalizados em Wuhan, a incidência de arritmia cardíaca ocorreu em 17% dos casos, mas atingindo 44% dos indivíduos que necessitaram de internação em unidades de terapia intensiva.1 Os tipos de arritmias não foram especificados neste estudo.


Leia mais

Sintomas da menopausa e o ritmo do coração

Sintomas da menopausa e o ritmo do coração

Recente pesquisa realizada por pesquisadores brasileiros e irlandeses, publicada na revista científica Plos One, verificou se o ritmo do coração pode fornecer informações sobre a intensidade dos sintomas da menopausa. Os pesquisadores Patrícia Merly Martinelli e Vitor Engrácia Valenti apresentam, nesta entrevista, os detalhes do estudo e os resultados encontrados.


Leia mais

Anticoagulantes orais diretos

Anticoagulantes orais diretos

Anticoagulantes orais diretos (DOAC, do inglês direct oral anticoagulants), também chamados de anticoagulantes orais não dependentes da vitamina K, foram aprovados em 2008 na Europa e, posteriormente, em vários outros países, inclusive no Brasil. Essa classe de medicamentos é composta pela dabigatrana (inibidor direto da trombina) e pelos inibidores do fator X ativado, que impedem a conversão da protrombina em trombina, sendo eles a rivaroxabana, a apixabana e a edoxabana.

Leia mais